Número total de visualizações de página

16/04/2014

sal

reconhecer-te,
é perder-te sem te perder no medo de que partas
sem medo de morrer,
quando te deitas ao meu lado e cheiras a noite,
e replicas o meu nome nos teus lábios
húmidos de sal
na incerteza de que se sonha ou se vive.