Número total de visualizações de página

30/12/2016

roçar o querer à vontade de matar,
todas as pedras que nos espreitam debaixo do mar,
e mais alguns obstáculos.
aqueles que não são físicos.
que não são sabor ou medo.

- o obstáculo da absoluta intromissão no outro, e não saber como sair.
o peito quebra a cada dia, e quando a noite vem é tudo mais difícil

porque as estrelas não nos sorriem atrás das nuvens.
mas esperamos a sua reacção até de madrugada, sem conseguir esperar o amanhã sem doer.
a noite é um monstro. porque o verdadeiro pesadelo vem dos sonhos que não são maus,
mas que são mentira.